Sacramentum Caritatis, polêmica criada

Conforme comunicado por mim aqui no blog, foi publicada na terça-feira a primeira Exortação Apostólica pós-sinodal assinada por Bento XVI.

Ela se chama “Sacramentum Caritatis” (Sacramento do Amor, em português) e fala exclusivamente sobre a Eucaristia. Você pode ler este texto de riquíssimo conteúdo, em português no site do Vaticano.

Mas quando eu disse que pode ler, é porque pode e DEVE ler. Principalmente se você é católico, pois trata-se de uma exortação dirigida a você.
Eu digo que pode e DEVE, porque mais uma vez, minha paciência se tornou vítima da parcialidade da Rede Globo, que simplesmente divulgou uma matéria a respeito da exortação depurpando o seu sentido. Ora, parece mais que esses jornalistas não aprenderam a pesquisar na faculdade (se é que eles passaram por lá…). Ou, talvez, tenham aprendido mais a gerar lucro ($$$) com esse tipo de polêmica.

A matéria pode ser lida em: http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2007/03/13/294908138.asp

Pois bem, fazendo a comparação entre o texto que podemos ler na íntegra no site do vaticano e os trechos que podemos ler na matéria do “globo”, podemos perceber nitidamente a intenção de apenas gerar polêmica.
E acabou que, antes de eu ler o documento, chegou ao meu ouvido que “o Papa disse que os divorciados são uma praga na sociedade“.

Como não poderia acreditar em tal distorção, pois acredito na infabilidade Papal, procurei a parte da exortação que fala sobre o assunto.
Qual não foi a minha surpresa quando lá encontrei palavras que dão um sentido totalmente contrário ao da matéria.

A frase retirada do texto pelo “globo” e colocada na matéria é:
“Ainda no documento, Bento XVI classificou como “uma verdadeira praga” o segundo casamento de pessoas já divorciadas.
‘Trata-se de um problema pastoral espinhoso e complexo, uma verdadeira praga no ambiente social e contemporâneo que vai, progressivamente, corroendo os próprios ambientes católicos’, diz o documento.”

Mas parece que se esqueceram de continuar lendo o parágrafo inteiro que continua:
“Os pastores, por amor da verdade, são obrigados a discernir bem as diferentes situações, para ajudar espiritualmente e de modo adequado os fiéis implicados.(92) O Sínodo dos Bispos confirmou a prática da Igreja, fundada na Sagrada Escritura (Mc 10, 2-12), de não admitir aos sacramentos os divorciados re-casados, porque o seu estado e condição de vida contradizem objectivamente aquela união de amor entre Cristo e a Igreja que é significada e realizada na Eucaristia. Todavia os divorciados re-casados, não obstante a sua situação, continuam a pertencer à Igreja, que os acompanha com especial solicitude na esperança de que cultivem, quanto possível, um estilo cristão de vida, através da participação na Santa Missa ainda que sem receber a comunhão, da escuta da palavra de Deus, da adoração eucarística, da oração, da cooperação na vida comunitária, do diálogo franco com um sacerdote ou um mestre de vida espiritual, da dedicação ao serviço da caridade, das obras de penitência, do empenho na educação dos filhos.” (grifo meu)

Portanto, falo aos críticos de plantão que adoram criticar a Igreja sem respaldo algum, que nem tudo o que a Rede globo fala é verdade. Que torna-se necessário antes, buscar a informação como ela é, e não como querem que você acredite que ela seja.
Isso inclui os católicos que fazem da religião uma prateleira de supermercado, onde escolhem somente a mercadoria que desejam levar.

Qualquer dia vai ter gente indo comprar Bíblia assim:
“Vou levar uma Bíblia, mas tira aquela parte que fala sobre o 6º mandamento, porque eu não concordo com ele…”

Sejamos coerentes!

Anúncios

Uma resposta

  1. […] torno da Exortação Apostólica de Bento XVI chamada “Sacramentum Caritatis“. Eu fiz um comentário neste blog a respeito desta […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: