O milagre válido para a Canonização de Frei Galvão

O milagre aprovado para a canonização de Frei Galvão ocorreu em uma gravidez de altíssimo risco, da paulistana Sandra Grossi de Almeida, química.Sandra tinha um problema de má formação do útero. Segundo a médica obstetra Vera Lúcia Delascio, seu útero era pequeno demais. Isso criava dificuldade para engravidar, e fez com que ela sofresse no passado três abortos espontâneos.

Na quarta tentativa, em 1999, os médicos não acreditavam que a gestação chegaria ao fim. “Assim que eu atendi, já vi a encrenca que seria”, conta a Dra.Vera Lúcia. Para Sandra, somente um milagre poderia salvar a vida dela e a do bebê. “Os exames mostravam que seria muito difícil ela ultrapassar a 28ª semana. Ela teve vários episódios de sangramento e ninguém acreditava que daria certo”, diz a obstetra. O risco de perder o bebê era tão grande que Sandra passou meses de cama, em repouso absoluto. Por causa do repouso, não podia nem tomar banho. Os abortos espontâneos ocorreram entre 1993 e 1994. Ela tinha útero bicorne, com duas cavidades de dimensões muito pequenas e assimétricas, como se fosse uma parede. Com tal formação, não corrigida cirurgicamente, era impossível levar a termo qualquer gravidez, pois o feto não tinha espaço suficiente para crescer e se formar.

Ficou novamente grávida em 1999. Em agosto, a Dra. Vera fez uma “cerclagem cervical” preventiva, para evitar o fim de outra gravidez. A gravidez era julgada de altíssimo risco porque o parto seria muito prematuro e, além disso, úteros malformados podem provocar sangramentos maiores. Sandra sabia que, no momento do parto, poderia ter uma hemorragia e morrer. Apesar de o prognóstico médico ser de provável interrupção da gravidez, ou de que ela atingisse no máximo o 5° mês, a gestação evoluiu normalmente até a 32° semana.

Sandra fez repouso absoluto de junho a novembro de 1999, na maternidade Pro Matre de São Paulo. O parto cesariano foi realizado no dia 11 de dezembro, depois da ruptura da bolsa. Não houve, entretanto, complicações. A família teve outro susto ainda. A criança nasceu pesando quase dois quilos e media 42 cm, mas apresentava problemas respiratórios, com doença das “membranas hialinas”, classificada como sendo de 4° grau, isto é, o mais grave, o que colocava em risco sua vida. Para a surpresa dos médicos, no dia seguinte, a criança não apresentava qualquer sinal de doença. O quadro teve uma evolução muito rápida e a criança foi extubada no dia 12, recebendo alta no dia 19 de dezembro.

Foram meses de oração, em toda a família, e Sandra sempre tomava as pílulas de frei Galvão com muita fé. Os médicos, pelo contrário, diante de tão grandes complicações, tinham como certo o fracasso do tratamento. “A gente falava que tinha alguma coisa a mais protegendo essa moça que a medicina não explica”, afirma a Dra.Vera Lúcia. A médica conta que se emocionou muito ao ver o filho de Sandra nascer, apesar de já ter feito mais 18 mil partos, em 30 anos como obstetra. “Todo mundo chorou muito. Foi um dos partos, talvez, mais emocionantes que eu fiz”, conta ela.
O menino, batizado de Enzo de Almeida Galafassi, hoje é muito saudável e ativo.

Não há dúvidas de que Frei Galvão é santo. Não há dúvidas de que houve a intervenção divina e que esta foi feita por intercessão de Frei Galvão. O que eu não acredito é no fato de que existem pessoas que possuem a prepotência de duvidar de tal fato sem ao menos conhecer uma vírgula de sua história.

Que Deus tenha misericórdia de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza a vida eterna!

Que Santo Antônio de Sant’Anna Galvão rogue por todos que ainda se encontram no seu tempo de ignorância.

Anúncios

Uma resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: