Qual a diferença entre uma semente de melancia, uma semente de mamão e um embrião humano?

Para alguns a diferença é óbvia, mas, por incrível que pareça, há quem se confunda…

Uma semente de melancia, caso devidamente cultivada, originará um pé de melancia. Uma semente de mamão, quando germinar se tornará um pé de mamão. Isso é verdade tanto quanto uma semente de melancia jamais se tornará um pé de mamão e uma semente de mamão jamais se tornará um pé de melancia.

É uma constatação óbvia, mas há quem se confunda…

E o que é necessário para a semente germinar? Por exemplo, no caso da melancia, um mínimo de cuidado, a começar pelo cultivo do solo. Uma semente que não encontrar o mínimo necessário, não chegará a ser um pé de melancia, mas independente disso, a sua essência é ser melancia. Assim também acontece com a semente de mamão: sua essência é ser mamão independente das condições de plantio; independente de ela vir a se tornar um pé de mamão.

Mas e o embrião humano?

Analogamente, podemos afirmar que o embrião humano possui a essência de ser humano. Da mesma forma que uma pessoa necessita basicamente de tempo, oxigênio e nutrição para crescer e sobreviver, assim também ocorre com o embrião humano.
Creio que até aqui todos concordariam comigo, mas curiosamente existe quem acredite que o embrião humano não é gente. Por isso existe gente que se confunde… Então, se eu não lhe retirar o tempo (não o matando), não lhe retirar o oxigênio e não lhe retirar a nutrição, ele vai crescer e se tornar o quê? Uma melancia ou um mamão?

Parece óbvio, mas ainda tem gente que se confunde…

Contraceptivo natural: segurança e saúde caminham juntas

Você é casado(a)?
Deseja viver em grande harmonia e felicidade?
Deseja prorrogar a gravidez com segurança e saúde, conhecendo cada vez mais o seu organismo?
Deseja fazê-lo sem as contra indicações, encontradas nos contraceptivos artificiais, dentre elas o aborto?

Se sua resposta é SIM, permita-me fazer outra pergunta: por que ainda não começou?

O organismo feminino já está preparado para isto.
Aprendemos na escola que a mulher possui períodos férteis e não férteis no seu ciclo de ovulação/menstruação. Não se lembra? Faltou esta aula?
Não se preocupe, é bem simples. E existe muito conteúdo na web.

Falo especificamente do método de ovulação Billings (MOB).
Descoberto no século passado, o MOB ensina o casal a identificar os sinais de fertilidade do corpo feminino.
Então, um casal que deseja prorrogar a gravidez, evitará manter relações sexuais nos dias férteis.
Aí entra outro ponto positivo do método. Ele também é indicado para casais com dificuldade de engravidar. Recomenda-se a estes casais que procurem manter relacões sexuais preferencialmente nos dias férteis.

O mundo moderno está cada vez mais carente de harmonia, principalmente entre os casais, pois a raíz de todos os males está na ausência de uma política familiar fundamentada em valores morais e éticos.
Além disso, vivemos a realidade de diversas doenças espalhando-se pelo mundo. Nunca tivemos tanto medo de pegar uma gripe…

Então, se você possui uma ferramenta pronta para lhe ajudar a colher os benefícios de uma vida harmônica com seu cônjuge, sem a possibilidade de contaminação de doenças, qual seria o motivo lógico que não lhe faria recorrer a este método?

Fica a dica.
Eu recomendo fortemente!

Aborto é legal?

Recentemente tenho entrado em discussões e com certa frequência me deparo com a seguinte afirmação:
Mas a lei brasileira permite o aborto em duas circunstâncias:
1. Risco de vida para a mãe;
2. Estupro

Ora, logo trato de corrigir as pessoas que dizem tal absurdo, e me preocupei em denunciar esta mentira dita a respeito do Código Penal. A propósito, o Código Penal, por assim dito, não trata de direitos, mas de penalização aplicada a crimes.

No caso do crime do aborto, o artigo 128 do Código Penal diz: Continue lendo

CARTA AO JORNAL O GLOBO

À REDAÇÃO DO JORNAL “O GLOBO” – CADERNO “OPINIÃO”
A/C DOS ILUSTRES JORNALISTAS ZUENIR VENTURA E PAULO GUEDES

Helena de Farias Barreto de Macedo, esposa do leitor e assinante do jornal “O GLOBO” José Afonso Barreto de Macedo, há mais de quarenta anos, solicito o obséquio de encaminharem cópia desta carta aos Jornalistas Zuenir Ventura, e Paulo Guedes.

Desde já agradeço e coloco-me à disposição da Redação e dos Jornalistas, para eventuais esclarecimentos.

Ilustres Jornalistas.

Leio sempre os artigos desta coluna “Opinião” e admiro o conteúdo político que ela sempre contém, principalmente quando denuncia injustiças e corrupção no governo. A Democracia nos beneficia com esta prerrogativa de falarmos o que queremos e o que achamos. Só lamento que a Igreja não possa usar desta prerrogativa, mesmo quando fala apenas para os “CATÓLICOS”. Continue lendo

A menina de Alagoinha e você

Autora: Celia Paravato

Cuidado com o que a mídia divulga. Muita coisa tem por objetivo
confundir as pessoas para que se posicionem a favor de idéias ruins que
não representam progressos para a humanidade.

O último escândalo é com relação ao aborto de uma menina de 9 anos que
foi estuprada. Estão usando o caso desta menina para colocar as pessoas
contra aqueles que são contra o aborto. Cá estamos nós, os católicos,
novamente levando pedradas de todos os lados por conta do caso dessa
menina. Será que merecemos mesmo? Continue lendo

Caso da menina de Alagoinha – o lado que a imprensa NÃO divulgou

O texto que segue foi retirado do blog de Padre Edson Rodrigues, Pároco de Alagoinha, que acompanhou de perto o caso, desde o princípio.
Mas, por algum motivo que nos é oculto (?), a imparcial imprensa não divulgou a seguinte situação: Continue lendo

uma preocupação…

Não sou a favor de Eduardo Paes. Mas me preocupa perceber que um candidato explicitamente contra os mais nobres princípios morais esteja em ascensão rumo à prefeitura da cidade onde vivo.

Antes de prosseguir, quero deixar claro que não sou “contra Gabeira”, pois a exemplo de Madre Teresa de Calcutá, procuro evitar me colocar simplesmente contra algo ou alguém, mas sim ser a favor daquilo que é contra algo ou alguém.

Sou a favor da VIDA, sou a favor da MORAL, sou a favor da ÉTICA CRISTÃ.
Em todas as entrevistas de Gabeira, notadamente ele evita responder perguntas a respeito da trajetória moralmente duvidosa de sua vida política e pessoal!

Por este motivo, não posso deixar de enumerá-los para que todos aqueles a quem tenho alcance refresquem um pouco a memória… infelizmente.
Ao longo de sua vida parlamentar INTEIRA Gabeira:

– defende a união civil entre pessoas do mesmo sexo,
– defende a prática da prostituição,
– defende a descriminalização da maconha,
– defende a legalização do aborto.

Além disso…
Ainda foi pego importando CINCO quilos de maconha da Hungria.

Ao ser questionado a respeito da dificuldade de se aprovar projetos moralmente duvidosos, em entrevista, Gabeira respondeu: “É claro que há dificuldades, tanto para um projeto como para outro, mas a verdade é que o tempo tem jogado a nosso favor.” (a entrevista pode ser lida em: http://oglobo.globo.com/pais/mat/2007/11/13/327141446.asp)

Gabeira proibiu a bancada do PV de votar em separado a questão do aborto, impondo o voto de bancada, mesmo havendo políticos pro-vida no partido.

Penso tão diferente de Gabeira que não posso escolher como prefeito de minha cidade um candidato moralmente imundo. Não consigo imaginar tais idéias representando esta cidade…

Vote no candidato que você acredita ser o melhor para sua cidade mas, por favor, não deixe a moral de lado!